Conferência magna faz jus ao tema do 53º CBPC/ML “Fazendo o Futuro Acontecer”

- 26/09/2019

Uma das atividades mais esperadas pelos congressistas do 53º CBPC/ML era a conferência magna que foi conduzida por Lívia Eberlin, a cientista brasileira que desenvolveu a caneta que detecta tecido canceroso durante cirurgias, através da espectrometria de massas. 

A professora da Universidade da Universidade do Texas em Austin, explicou que o projeto começou há quatro anos, com o objetivo de proporcionar uma análise de tecido em tempo real para os cirurgiões. Atualmente a avaliação é feita através de uma amostra ex vivo, ou seja, já retirada do paciente, que é levada para um laboratório anexo à sala de cirurgia, onde um patologista analisa o material, enquanto o cirurgião aguarda o resultado com o paciente na mesa. O processo pode levar de 30 minutos a uma hora para ser finalizado. Segundo a especialista, a margem de erro desta análise é de 30% para câncer de pâncreas, por exemplo. 

Com a MasPec Pen, nome do dispositivo desenvolvido por Lívia Eberlin, é possível identificar células de tecido canceroso em apenas 10 segundos. “O aparelho pode ser utilizado pelo próprio cirurgião e permite identificar rapidamente as margens negativas garantindo a remoção total de tumores sólidos”, afirmou. 

A caneta é produzida através de impressão 3D, com materiais biocompatíveis, é esterelizável e descartável. Ela é conectada através de um tubo ao espectômetro de massa, onde a análise é feita. O aparelho conta com um pedal, que é responsável por ativar o processo, que ao ser finalizado emite um sinal sonoro. Um monitor exibe o resultado da composição celular do tecido avaliado de forma bastante didática e clara. 

A heterogeneidade dos tecidos, mesmo em amostras consideradas “normais”, foi um ponto levantado e considerado crucial para o projeto. Por isso, uma espécie de tinta foi utilizada para “estampar” os mais variados tipos de tecido, considerando até mesmo aqueles que sofreram efeitos como da quimioterapia pré-cirúrgica, com inflamação ou necrose. 

Também foi esclarecido que o sangue decorrente da cirurgia não atrapalha o processo de atividade da MasPec Pen, desde que não seja abundante. E sobre a solução salina, é recomendado que seja substituída apenas por água, para que não haja interferência. 

Segundo Lívia Eberlin, atualmente o dispositivo está em fase de testes e já foi utilizado em mais de 100 cirurgias de remoção de diversos tipos de tumores, principalmente de mama. Todos os procedimentos foram bem-sucedidos, sem complicações, nem registro de eventos adversos para os pacientes. “Agora seguimos nesse trabalho de validação, buscando parcerias para podermos realizar o maior número de testes possível. Pretendo buscar apoio e parceria de hospitais do Brasil, para viabilizar o projeto e espero que logo a tecnologia esteja apta para uso e disponível para aplicação e atendimento aos pacientes”, afirmou a professora.

Outras Notícias

Clima de descontração marca a cerimônia de encerramento do 53º CBPC/ML

Congressistas foram convidados a planejar ida ao 54º CBPC/ML, que acontecerá em São Paulo

Arboviroses no centro de discussões da última conferência magna do 53º CBPC/ML

A conferência magna do penúltimo dia do 53º CBPC/ML foi conduzida pelo Prof. Pedro Vasconcelos

Iniciativa inédita coloca diversidade de gênero em debate no 53º CBPC/ML

Divulgação de posicionamento da SBPC/ML em parceria com a SBEM e o CBR incentivou debate

Vitamina D é tema da palestra no penúltimo dia do 53° CBPC/ML

Participantes discutem os desafios da urianálise durante Encontro com Especialista

Atividade abriu o penúltimo dia do 53º CBPC/ML

Os riscos da intoxicação por monóxido de carbono em mesa redonda

Especialistas debatem dificuldades no diagnóstico desse problema relativamente comum

Temas livres premiados

Entrega de certificados na cerimônia de encerramento

Espermograma e exames complementares apontam causa da infertilidade

Varicocele, hipertensão, uso de drogas e tabagismo estão entre os fatores que podem causar o problema

Crescente uso de opioides é debatido em mesa redonda

Especialistas abordam diferenças entre substâncias derivadas do ópio e suas particularidades laboratoriais

Avanços na oncogenética motivam debate no 53º CBPC/ML

Especialistas debatem histórico da área e as novidades em testes genéticos

As tendências da medicina laboratorial

Atividade do 53º CBPC/ML abordou a tecnologia como oportunidade de criar novos modelos de negócios

Cerimônia de abertura do 53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial encerra o primeiro dia de evento

Com auditório cheio, dirigentes e parceiros do evento fazem, seguidos por emocionante apresentação da Orquestra Maré do Amanhã

Desafios da gestão de risco e segurança do paciente

Antecipação aos riscos e conscientização dos profissionais geram resultados positivos

Fórum de Benchmarking de Indicadores Laboratoriais

53°CBPC/ML promove discussão sobre o uso de indicadores para maximizar a decisão na busca de excelência baseada em informação e dados.

Infarto: Especialistas discutem diferentes visões de uma das principais causas de morte do mundo

Medicina personalizada: nova abordagem clínica

Inovação auxilia o tratamento médico baseado nas características de cada paciente

Overuse x Underuse dos exames laboratoriais

A solicitação adequada dos testes foi tema de atividade no 53º CBPC/ML

Testes laboratoriais podem empoderar o paciente e reduzir os custos do sistema de assistência à saúde

A necessidade de regulamentação e aplicação adequada foram discutidas em mesa-redonda no primeiro dia de atividades do 53º CBPC/ML

Especialistas discutem alterações nas funções da tireoide

Mesa redonda traz três pontos de vista para abordar problemas crônicos na glândula